Close your eyes and clear your heart

Em mim foi sempre menor a intensidade das sensações que a intensidade da consciência delas. Sofri sempre mais com a consciência de estar sofrendo que com o sofrimento de que tinha consciência. A vida das minhas emoções mudou-se, de origem, para as salas do pensamento, e vivi sempre mais amplamente o conhecimento emotivo da vida. E como o pensamento, quando alberga a emoção, se torna mais exigente que ela, o regime de consciência em que passei a viver o que sentia, tornaram-me mais quotidiana, mais epidêmica, mais titilante a maneira como sentia.
- Fernando Pessoa.  

(Source: recomendar)

via antigapoetisa / 1 month ago / 598 notes /

via vanessa-jane / 1 month ago / 8,149 notes /

(Source: hqlines)

via idealizar / 1 month ago / 135,682 notes /
Talvez eu até esteja errado, mas que se dane. Se uma pessoa não tem paciência nem pra conquistar minha confiança e afastar meus medos, o que eu posso esperar então? Sou quebra-cabeça de 500 mil peças, quem não tiver capacidade, tenta um jogo mais fácil. Eu supero e agradeço.
- Tati Bernardi.  (via auroriar)

(Source: florificais)

via auroriar / 1 month ago / 35,892 notes /

via gottabestrong / 1 month ago / 40,464 notes /
Poderíamos casar, teríamos um apartamento, tomaríamos café as cinco da tarde, discordaríamos quanto a cor das cortinas, não arrumaríamos a cama diariamente, a geladeira seria repleta de congelados e coca-cola, o armário de porcarias, adiaríamos o despertador umas trinta vezes, sentaríamos na sala de pijama e pantufas, sairíamos pra jantar em dia de chuva e chegaríamos encharcados, nos beijaríamos no meio de alguma frase, você pegaria no sono com a mão no meu cabelo e eu, escutando sua respiração. Eu riria sem motivo e você perguntaria porque, eu não responderia, saberíamos.
-

Caio Fernando Abreu. 

via auroriar / 1 month ago / 40,366 notes /
via moonshadowandme / 1 month ago / 28,824 notes /

I walked out the door. There is no memory left.

(Source: suchasadaffair)

via moonshadowandme / 1 month ago / 9,746 notes /

(Source: floralls)

via i-n-s-o-n-e / 1 month ago / 32,812 notes /

(Source: turquoisefeathers)

via perguntoalua / 1 month ago / 308,866 notes /
A rosa apaixonou-se pelo cacto. Compreendia seus espinhos.
-

(Source: s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)

via ultimosonho / 2 months ago / 64,844 notes /

via livingtheuprising / 2 months ago / 4,349 notes /
Minha mãe sempre diz: Não há dor que dure para sempre! Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos! E apesar de saber de tudo isso. Por que algumas dores duram tanto?
- Chico Buarque. (via epdemic)

(Source: resigno)

via auroriar / 8 months ago / 41,516 notes /

(Source: traceloops)

via lisslovemusic / 8 months ago / 197,559 notes /
Abraço apertado, mensagem na madrugada, quero flores, quero doces, quero música, vento, cheiros, quero parar de me doar e começar a receber.
- Caio Fernando Abreu    (via epdemic)

(Source: caiofabreu)

via auroriar / 8 months ago / 10,354 notes /
 
Next »



Carpe Diem



Page 1 of 31
Theme by maggie. Runs on Tumblr.